HIV: Prevenção, mitos e verdades

O HIV é um vírus transmitido sexualmente, pelo compartilhamento de agulhas ou de mãe para filho e, muitas vezes, é um assunto considerado tabu entre as mulheres. Estima-se que no Brasil, 330 mil mulheres convivem com HIV e é importante falarmos mais sobre o vírus, prevenção, mitos e verdades sobre o assunto.¹

Prevenção do HIV

Dados do Boletim Epidemiológico HIV/Aids divulgados em dezembro de 2022 mostraram que houve uma queda nos casos de HIV entre mulheres nos últimos anos. Aredução na última década chegou a 50% entre pessoas do sexo feminino e uma das hipóteses é que as mulheres estão se prevenindo mais.²

O principal meio de prevenção contra o HIV é o uso de preservativo nas relações sexuais, mas há outras forças de se prevenir.²

Hoje, temos disponível no SUS os medicamentos PrEP (profilaxia pré-exposição) e PEP (profilaxia pós-exposição). A PrEP pode ser tomada para prevenir a contração do HIV antes da relação sexual e a PEP é indicado para o pós contato sexual, para pessoas que não usaram preservativo ou sofreram violência sexual.²

Mitos e verdades sobre o HIV

Toda mãe com HIV transmitirá o vírus para o filho na gestação?

Mito. O teste de HIV é realizado nos exames pré-natal, e se a mãe ainda não toma os medicamentos antirretrovirais, ela poderá começar a tomar e prevenir o filho do HIV.³

Se tiver relação sem preservativo com uma pessoa com HIV, necessariamente serei infectada?

Mito. Pessoas que fazem o tratamento com medicamentos antirretrovirais e estão com a carga viral indetectável não transmitem o vírus.³

Nem toda pessoa com HIV tem AIDS?

Verdade. A AIDS é um estágio avançado da infecção causada pelo vírus. As pessoas que fazem o tratamento adequado com medicamentos antirretrovirais raramente terão AIDS.⁴

O HIV é transmitido por sexo oral?

Verdade. O risco é baixo, mas existe a possibilidade de infecção se houver alguma ferida na boca.⁵

É possível viver normalmente com HIV?

Verdade. Fazendo o tratamento adequado, é possível levar uma vida normal e saudável convivendo com o HIV e os riscos de transmissão são muito baixos.⁵

Todos devem se testar?

Verdade. Se você tem uma vida sexualmente ativa, é recomendado o exame de ISTs ao menos uma vez ao ano. A detecção precoce do HIV garante o bem-estar e qualidade de vida dos pacientes.

Aqui no FEMME, você pode realizar seus exames de ISTs com muito acolhimento e qualidade. Faça seu agendamento.

¹ https://www.ufpb.br/comu/contents/noticias/desigualdade-de-genero-afeta-acesso-de-mulheres-a-informacoes-e-tratamento-do-hiv-aids#:~:text=Segundo%20dados%20da%20UNAIDS%20Brasil,vivam%20com%20a%20infec%C3%A7%C3%A3o%20viral

² https://agenciaaids.com.br/noticia/hiv-aids-no-brasil-ha-crescimento-entre-homens-mas-reducao-entre-mulheres-destaca-uol/

³ https://www.drakeillafreitas.com.br/casais-com-hiv-podem-ter-filhos-livres-do-virus/

https://ibcc.org.br/especialista-do-sao-camilo-sp-esclarece-principais-mitos-e-verdades-sobre-hiv-aids/

https://revistavisaohospitalar.com.br/confira-alguns-mitos-e-verdades-sobre-o-hiv-e-sobre-a-aids/

0 comments on “HIV: Prevenção, mitos e verdadesAdd yours →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *